Mario Bellatin « COSACNAIFY NA FLIP 2009

Busca
Fale Conosco


Homenagem à Manoel Bandeira

Crônicas Inéditas 2
Crônicas Inéditas 2
Apresentação da Poesia Brasileira
Apresentação da Poesia Brasileira
Macbeth, de Sheakspeare
Macbeth, de Sheakspeare

Mario Bellatin

Flores
Flores
Entrevista

Grégoire Bouillier

O Convidado Supresa
O Convidado Supresa

Angélica Freitas

Rilke Shake
Rilke Shake
Poema inédito

Flip Zona

  1. Bellatin agora no Rio

    Terça-feira, 7 julho, 2009, às 15:45

    É hoje o bate-papo do escritor Mario Bellatin, destaque na Flip 2009, com João Paulo Cuenca, na Livraria da Travessa do Leblon  (Shopping Leblon, R. Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A), às 19h30. 

    Após a conversa, o autor irá autografar seu Flores.

       

    O escritor Joca Reiners Terron conversa com Mario Bellatin na noite de ontem, na Livraria Cultura (SP). Foto: Mariana Silveira

    O escritor Joca Reiners Terron conversa com Mario Bellatin na noite de ontem, em lançamento na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (SP). Foto: Mariana Silveira

     

    Ele falou de tudo: literatura, cinema, arte, próteses, processo criativo, inspiração, transpiração, cachorros em altares e congresso de dublês de escritores mexicanos. Foto: Livia Deorsola

    Ele fala de tudo: literatura, cinema, arte, próteses, processo criativo, inspiração, transpiração, cachorros em altares e congresso de dublês de escritores mexicanos. Foto: Livia Deorsola

    Bellatin autografa "Flores", cujo originalíssimo projeto gráfico de Elaine Ramos e Maria Carolina Sampaio desconstruiu a própria ideia de livro. Foto: Mariana Silveira

    Bellatin autografa "Flores", cujo originalíssimo projeto gráfico de Elaine Ramos e Maria Carolina Sampaio desconstruiu a própria ideia de livro. Foto: Mariana Silveira

     

     

    Tags:

  2. Mario Bellatin em bate-papo na Livraria Cultura, hoje

    Segunda-feira, 6 julho, 2009, às 13:39

    Uma das presenças mais surpreendentes e marcantes da Flip 2009,  encerrada ontem (5/7), Mario Bellatin estará em São Paulo para um bate-papo com o escritor Joca Reines Terron. A noite de autógrafos do livro Flores acontece na Loja de Arte da Livraria Cultura / Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073), às 19h.

    Amanhã (7/7), escritor mexicano estará no Rio de Janeiro para o lançamento do livro na Livraria da Travessa do Leblon (Shopping Leblon, R. Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A), às 19h30. Desta vez o bate-papo será com João Paulo Cuenca.

    Tags:

  3. Livro de cabeceira

    Domingo, 5 julho, 2009, às 12:30

    Sophie Calle escolheu um trecho de O convidado surpresa (Grégoire Bouillier) para a última mesa da Flip, em que  autores falam sobre seus livros preferidos.

    Mario Bellatin optou por Prosas apátridas, do peruano Julio Ramón Ribeyro, mesmo autor de Só para fumantes. Abaixo, o trecho selecionado pelo autor de Flores.

    72

    Literatura es afectación. Quien ha escogido para expresarse un medio derivado, la escritura, y no uno natural, la palabra, debe obedecer a las reglas del juego. De allí que toda tentativa para dar la impresión de no ser afectado –monólogo interior, escritura automática, lenguaje coloquial- constituye finalmente una afectación a la segunda potencia. Tanto más afectado que un Proust puede ser un Celine o tanto más que un Borges un Rulfo. Lo que debe evitarse no es la afectación congénita a la escritura sino la retórica que se añade a la afectación.

    Tags:

  4. Uma invenção de si mesmo

    Sábado, 4 julho, 2009, às 21:06

    O Mexicano Mario Bellatin (Flores) e o brasileiro Cristóvão Tezza (O filho eterno) protagonizaram uma das mesas mais elogiadas da Flip 2009: O eu profundo e os outros eus, que tratou dos frágeis limites entre autobiografia e ficção. Por diversas vezes as falas foram interrompidas pelas palmas do público.

    Bellatin contou como se inventou como escritor. Quando era totalmente desconhecido, ainda estudante na faculdade, e terminava de escrever o primeiro livro, encomendou uma tiragem baixa e distribuiu pelas ruas oitocentos cupons que davam “desconto na compra do livro do grande escritor Mario Bellatin, a ser lançado no dia tal”. “O lançamento foi um sucesso”.

    Joca Reiners Terron, Mario Bellatin e Cristovão Tezza. Foto: Sérgio Fonseca / Recortes

    Joca Reiners Terron, Mario Bellatin e Cristovão Tezza. Foto: Sérgio Fonseca / Recortes.org

    Tags:

  5. Heitor Ferraz descobre – e recomenda – Bellatin

    Sexta-feira, 3 julho, 2009, às 14:47

    “Mario Bellatin foi a descoberta literária da minha vida”, disse Heitor Ferraz, encantado com o livro Salão de beleza, escrito pelo mexicano em 1994. “Nele, Bellatin faz uma incrível relação entre beleza e morte, com muita ironia”, diz o poeta, que mora no bairro paulistano de Perdizes, “onde há um salão de beleza atrás do outro, fato que sempre me chamou a atenção.” Ferraz também citou o livro Jacobo, El mutante, lido em uma viagem à Argentina, como outro ponto alto da literatura de Bellatin. “Ele escreve de forma espetacular, realmente me impressiona”.

    A próxima leitura será Flores.

    Tags:

  6. Na receita de Bellatin, o remédio é a língua portuguesa

    Quinta-feira, 2 julho, 2009, às 21:06

    Mario Bellatin deu sua receita para obter bons efeitos a partir de textos ruins. “Quando eu era jovem, me arriscava a escrever poesia, e o resultado era, em geral, ruim. Para que parecessem melhores, lia os versos em português, porque a língua é muito bonita. Assim soavam mais bonitos meus poemas”.

    Tags:

  7. Literatura e vídeo

    Quarta-feira, 1 julho, 2009, às 16:51

    A jornalista Juliana Krapp, do Jornal do Brasil, conversou hoje com o escritor Mario Bellatin, autor convidado da Flip 2009. Durante a entrevista, o mexicano, que já declarou admiração por Machado de Assis, Mário de Andrade, João Gilberto Noll e Glauco Mattoso, falou também sobre Clarice Lispector. “Gosto muito de seus contos, mais do que de seus romances. Me incomodam sobretudo aqueles que tentam recriar a prosa poética de Clarice, como se o que ela escreveu fosse um convite a que todos fizessem o mesmo”, afirmou Bellatin.

    Bellatin em Paraty, onde se apresenta nesta sexta-feira, em mesa com Crsitovão Tezza

    Bellatin em Paraty, onde se apresenta nesta sexta-feira, em mesa com Cristovão Tezza

    Perguntado pela jornalista sobre a Escola Dinâmica de Escritores, criada por ele no México, o autor de Flores revelou a intenção de transformar as experiências que ali acontecem – lugar onde a regra básica é não escrever – em intervenções em vídeo. “Desta forma o que criamos ali passa a ser ampliado a um grupo de pessoas muito maior do que apenas aquelas trinta que se reúnem na escola”, diz Balletin, que estudou cinema em Cuba.

    Tags:

® COSAC NAIFY Todos os direitos reservados.